Bem-vindos ao nosso blog!!



08 Fevereiro, 2010

Doenças Sexualmente Transmissíveis: gonorreia, herpes genitais e hepatite B

As DST são as doenças sexualmente transmissíveis e são causadas por vários tipos de agentes decorrentes do acto sexual.

Hepatite B

O que é a Hepatite B?

É uma infecção das células hepáticas causada pelo vírus HBV (Hepatitis B Virus), que se mostra por vários síndromes que vão desde a infecção inaparente e subclínica até ser rapidamente progressiva e fatal. Os sintomas, quando presentes, são: falta de apetite, febre, náuseas, vómitos, astenia, diarreia, dores articulares, icterícia (amarelamento da pele e mucosas) entre os mais comuns.


Quais as consequências?

Hepatite crónica, cirrose hepática, cancro do fígado (Hepatocarcinoma), além de formas agudas severas com coma hepático e falecimento.

Como se transmite o vírus?

Através de relações sexuais, materiais ou instrumentos contaminados: seringas, agulhas, perfuração de orelha, tatuagens, procedimentos de manicure ou pedicure, transfusão de sangue e derivados. O portador crónico pode ser infectante para o resto da vida. Período de Incubação - 30 a 180 dias (em média 75 dias).


Tratamento

Não há medicamento para combater directamente o agente da doença, tratam-se apenas os sintomas e as complicações. Prevenção - Vacina, obtida por engenharia genética, com grande eficácia no desenvolvimento de níveis protectores de anti-corpos (3 doses).

Fonte:
http://www.hepatiteb.org/morehelp4_0.html

Gonorreia


O que é a Gonorreia?

Doença contagiosa que se caracteriza pela presença de abundante secreção purulenta (podre) pela uretra no homem ou da mulher. Este quadro frequentemente é precedido por comichão na uretra e ardor. Em alguns casos podem ocorrer sintomas gerais, como a febre. Nas mulheres, os sintomas são mais brandos ou podem estar ausentes na maioria dos casos.


Quais as suas consequências?

Aborto espontâneo, parto prematuro, baixo peso, infertilidade, infecção ocular, pneumonia, entre outros.

Como se transmite o vírus?

Pela relação sexual. Ao ter um relacionamento sexual com um(a) parceiro(a) doente, o risco de contaminar-se é de cerca de 90%. O facto de não haver sintomas, na maioria das mulheres, não afecta a transmissibilidade da doença.

Prevenção

Como para as outras doenças sexualmente transmissíveis, a prevenção da gonorreia reside na adopção de comportamentos sexuais seguros, evitando múltiplos parceiros sexuais e usando o preservativo sempre que se pratica sexo, em particular se não se trata de um relacionamento estável. As mulheres devem ser vigiadas regularmente para despiste de infecções silenciosas, porque existe o risco de propagação da infecção às trompas e aos ovários.

Tratamento: Antibióticos



                                          Herpes genitais
André Figueiredo 8ºA Nº3

O que são Herpes Genitais?

Infecção recorrente (vem, melhora e volta) causada por um grupo de vírus que determinam lesões genitais vesiculares em forma de pequenas bolhas agrupadas que, em 4-5 dias, sofrem erosão (ferida), seguida de cicatrização espontânea do tecido afectado. As lesões são muito dolorosas. A primeira crise é, em geral, mais intensa e demorada que as consequentes. As crises podem ser desencadeadas por factores tais como: stress emocional, exposição ao sol, febre, baixa da imunidade etc.

Quais as suas consequências?

Aborto espontâneo, parto prematuro, baixo peso, infecções na vulva e vagina, ulceras genitais, complicações neurológicas, entre outras.

Transmissão


Frequentemente pela relação sexual. Da mãe doente para o recém-nascido na hora do parto.Tratamento - Não existe ainda tratamento eficaz quanto a cura da doença. O tratamento tem por objectivo diminuir as manifestações da doença ou aumentar o intervalo entre as crises.

Prevenção

Não está provado que o preservativo diminua a transmissibilidade da doença. Higienização genital antes e após o relacionamento sexual é recomendável. Escolha do(a) parceiro(a).

Fonte: http://www.dst.com. br/pag03.htp




TRABALHO REALIZADO POR:
Emanuel Martins 8ºA Nº11
André Figueiredo 8ºA Nº3

Sem comentários:

Enviar um comentário